Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 21 de Junho de 2021

NOTÍCIAS



Para crianças se fartarem de literatura

Notícia publicada em 25/04/2013



Para crianças se fartarem de literatura

Monteiro Lobato dizia, lá pelos anos 1940, que queria criar um livro comestível para as crianças, com direito a entrada, salada, prato principal, para que desse livro, elas se fartassem. Mas não era só no campo da subjetividade, onde moram as ideias, que Lobato era genial. Com objetividade, o autor mudou o conceito não apenas da literatura, mas sim do conceito editorial. "Monteiro Lobato queria livros de qualidade gráfica, atraente para as crianças e assim os fez", diz José Rubens Incao, historiador e diretor da Biblioteca Infantil. Incao encabeça um bate-papo - não, não é palestra, é bate-papo mesmo - que vai acontecer hoje, das 14h às 16h, com entrada gratuita para os maiores de 12 anos que quiserem participar. O tema da conversa - O perigoso e necessário Monteiro Lobato - é tão interessante quando o autor que nasceu num dia 18 de abril, há 130 anos. Vale lembrar que na Biblioteca Infantil estão expostos os personagens de Lobato, entre eles a Emília. A mostra Monteiro Lobato é gratuita e pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Nesse bate-papo de hoje, Incao pretende contar a biografia desse autor que ele considera representar um divisor de águas na literatura infantil brasileira - e que, como ressalta Incao, influenciou gerações que deram continuidade a essa literatura consistente, como as escritoras Ana Maria Machado e Ruth Rocha. "Lobato foi o pioneiro da literatura infantil. Ele dizia a Godofredo Rangel (escritor e tradutor) que os livros publicados na época eram feitos para formar italianinhos e franceses. Os livros daquele tempo, como Coração, de Edmundo De Amicis (autor italiano), eram moralistas ou pedagógicos", contextualiza Incao.

Foi depois de ouvir uma história, contada por um amigo, sobre um peixinho que desaprendeu a nadar, que Lobato publicou A Menina do Narizinho Arrebitado no ano de 1926. "Era lindo em termos de qualidade gráfica e fantástico enquanto texto. E Lobato distribuiu em algumas escolas, até que o governador do estado na época, ao ver crianças interessadas naquele trabalho, pediu mais 25 mil exemplares para distribuir nas escolas", conta Incao. A partir de então, o autor publicou uma série de livros e adaptações de clássicos contos de fada, alguns dos Irmãos Grimm, por exemplo, que eram voltados para a criança brasileira.

Um fato interessante, avisa Incao, é que Lobato, sempre sintonizado com a época, anualmente revisava suas obras e acrescentava nelas personagens da época. "Shirley Temple, Popeye, princesas cansadas das suas histórias que se repetiam foram visitar o Sítio do Picapau Amarelo. Se vivo fosse, Harry Potter, Batman e outros personagens atuais entrariam nas suas histórias."

Incao lamenta que, após sua morte, esse processo de atualização não aconteceu. Segundo o historiador, Lobato cedeu os direitos autorais de suas obras a um amigo que foi para ele quase como um filho. Hoje suas obras pertencem à Editora Brasiliense. "Infelizmente, as edições são ordinárias, acho que a palavra certa é essa, em termos de qualidade gráfica." Também falta, ele diz, escritores que façam novas adaptações da obra de Lobato. "Desde que se respeite suas ideias e sua magia criativa."

Perigo do bem

Monteiro Lobato já foi muito criticado pela irreverência que colocava nas crianças - Pedrinho e Narizinho - e especialmente na boca da boneca Emília. "Mas ele era muito criativo e tinha muito senso crítico. Ele costumava empregar a frase: desconfie de tudo, não acredite em tudo que lhe dizem e confie em você. Nesse sentido, ele era considerado perigoso. Ele era um abridor de ideias." Além de ser julgado irreverente, Lobato foi muito criticado por teores preconceituosos em sua obra. Incao é claro: "existe um preconceito sim, mas é preciso contextualizar a época. Infelizmente, alguns termos eram aceitos na época, presentes inclusive em toda a sociedade e em toda a arte, como a musical."

O que Incao enfatiza é que se deve discutir esses termos. "Acho que os pais, os professores podem sentar e discutir. É uma boa oportunidade par discutir os preconceitos atuais. Quais são os preconceitos hoje? Até recentemente os negros na televisão só faziam papéis de escravos ou empregadas domésticas, ou porteiros, esse tipo de preconceito velado que é o pior de todos." Para ele, é importante a análise crítica, a observação franca em todos os níveis. "O preconceito existente na obra não diminui a genialidade de Lobato. Machado de Assis, José de Alencar e até Mário de Andrade usam termos em suas obras que hoje não são considerados próprios."

Incao chama atenção para outro rico detalhe em sua obra clássica, Sítio do Picapau Amarelo. "Muitos acham a história irreal porque não existem pais na história, apenas avó. Mas quer melhor figura que a de uma avó? Dona Benta é o conhecimento, representa o papel racional, embora nem sempre as crianças sigam seus conselhos. Fica para Tia Anastácia, a personagem negra, o papel do coração. Ela não tem voz de comando, mas é a criadora. Deu vida à Emília, ao Visconde de Sabugosa e as crianças procuram por ela quando querem ouvir histórias. Tia Anastácia é o povo."

Depois de analisar a obra de Lobato e adiantar do mundo de coisas que pode ser conversado hoje à tarde, Incao comenta que a literatura infantil está, atualmente, um tanto morna. "Virou literatura de autoajuda. Autoajuda é para pais, não para livros, professores, psicólogos. São os pais que têm que ir além, perder tempo, sentar e conversar com o filho."

Serviço
Bate-Papo: O perigoso e necessário Monteiro Lobato
Hoje, das 14h às 16h
Biblioteca Infantil (rua da Penha, 681, Centro)
Entrada gratuita. Para maiores de 12 anos.
Mostra Monteiro Lobato
D segunda à sexta-feira, das 8h às 17h
Gratuita
Informações: (15) 3231 -5723  


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/acessarmateria.jsf?id=468491


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 21/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 22/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 23/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 24/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 25/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock