Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 23 de Junho de 2021

NOTÍCIAS



Não deixe o mês passar: Novembro azul alerta o homem sobre a importância dos cuidados com a saúde

Notícia publicada em 18/11/2014



O câncer de próstata é a doença mais frequente no sexo masculino, perdendo, apenas, para o câncer de pele. Estatísticas apontam que a cada seis homens, um é portador da doença. Quase 50% dos brasileiros nunca foram ao urologista e, até o fim de 2014, a projeção é que 12 mil morrerão vítimas da doença, em função da descoberta em estágio avançado. Os dados são do Instituto Lado a Lado pela Vida e a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), com o intuito de conscientizar a população masculina sobre a doença e diminuir a taxa de mortalidade.

Neste dia 17 de novembro comemora-se o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata, que tem o intuito de reforçar o homem a cuidar mais de sua saúde. De acordo com o médico urologista e diretor técnico da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba, Fernando Russo, o homem sorocabano está mais do que ativo quanto à preocupação com sua saúde. “Nós fomos a primeira cidade a ter uma ação voltada para a saúde do homem. O que notamos hoje é que eles nos procuram espontaneamente. Isto é o retrato de uma população mais consciente”, conta. “A quantidade de homens que vão por indicação até de outros homens chega a ser uma quebra de paradigma”, orgulha-se.

A estimativa, entre 2012 e 2013, apontou 60.180 novos casos de câncer de próstata e 52.680 de mama. De acordo com especialistas, o preconceito com o exame de toque retal ainda é forte no Brasil. Apenas 32% dos homens brasileiros declararam já ter feito o exame.

O urologista lamenta o tabu ainda carregado por parte do grupo masculino quando se trata do exame de toque retal, que auxilia no diagnóstico da doença. “Preconceito tem e sempre vai existir, até porque falar que o exame é agradável é mentira”, queixa-se. “Quanto mais pessoas multiplicarem a positividade do exame, mais gente passa a fazer”, enfatiza.

Recomendação

O urologista recomenda que todo paciente com parente de primeiro grau na família (pai, irmão) que tenha câncer de próstata faça exame a partir de 45 anos de idade. Os demais podem aguardar até os 50 anos. “Fazer um check-up laboratorial, exame de sangue é ideal. Se você começa a ir antes de ficar doente, consegue perceber qualquer desvio, alteração e cedo intervém, obtém um resultado melhor com menos problemas”.

Indolor e rápido

O exame de toque retal não é um bicho de sete cabeças, já alivia o médico. “Não há dor. Ela sempre é por uma questão psicológica. Usamos substâncias como gel e cremes anestésicos para, não só facilitar o toque, como tirar a dor imediatamente”, ressalta. Para ele, a dor que o homem tem “medo de sentir” é mais questão de “orgulho masculino”.

Ainda segundo ele, o exame ocorre de forma rápida. “Não dura nem cinco segundos”, brinca.

Procurar não remediar

Descobrir tardiamente o diagnóstico de câncer de próstata faz com que a maior parte dos homens se arrependa de não ter feito o exame do toque retal antes, aponta Russo. “Todos que aparecem em estágio avançado foram os que, por preconceito e descuido, não procuraram atendimento. Todos demonstraram arrependimento”, afirma. “Infelizmente, morrer por câncer de próstata avançado é muito doloroso. Quando a dor se espalha pelos ossos, o paciente passa a ter dores irremediáveis”, alerta.

Por isso, o médico enfatiza que o homem realize exames anualmente. “O tumor tem uma progressão lenta e gradual que ainda pode ser descoberto em um estágio inicial. Se deixar passar muito disso, ele pode ganhar força”, alerta.

Sintomas

Na fase inicial, o câncer da próstata não costuma apresentar sintomas. Quando surgem são parecidos com os do crescimento benigno da próstata: dificuldade de urinar e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite. Na fase avançada, a doença pode provocar dor nos ossos, problemas para urinar e, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

A doença

A próstata é uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga e à frente do reto. O câncer pode ser descoberto inicialmente no exame clínico, um toque retal, exame que enfrenta a resistência de muitos homens, combinado com o resultado de um exame no sangue. Se detectado o tumor, só a biópsia é capaz de confirmar a presença de um câncer. Segundo a SBU, quando descoberto no início, 90% dos casos de câncer de próstata são curáveis. De acordo com urulogista Eduardo Ribeiro, pessoas que têm casos de câncer de próstata na família, obesas, e negras têm mais risco de desenvolver a doença.

Segundo o Inca, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás do câncer de pele. Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando 10% do total de cânceres. A taxa de incidência do câncer de próstata é seis vezes maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

O tratamento vai depender do estágio da doença, e pode ser feito com cirurgia, radioterapia, tratamento hormonal e algumas vezes apenas observação médica.

Outro tumor

“Um dos tumores mais incidentes em jovens são os de testículo”, alerta o urologista. De acordo com o Centro de Referência em Saúde do Homem, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, 5% da população masculina entre 15 e 35 anos apresenta tumores urológicos.

O recomendado, informa Russo, é que homens a partir de 40 anos comecem a realizar visitas regulares ao médico. No caso do tumor de testículo, na maioria dos casos a doença avança de forma rápida e indolor. Os sintomas se assemelham a uma infecção com dor local, aumento do tamanho do testículo e até febre. A dor está presente em 30% dos casos.

Ônibus Azul

No Ônibus Azul, que roda por Sorocaba, os homens recebem orientações sobre educação alimentar, prática de atividades físicas, aferição da pressão arterial, da glicemia, entre outros exames básicos de check-up. Já, as consultas, são enfocadas principalmente na sexualidade do homem e na realização de exames de próstata e cálculos renais. Além disso, a unidade oferece testes de HIV e sífilis, dentro da campanha “Fique Sabendo”. Tudo de forma gratuita.

Confira a agenda do Ônibus Azul

O atendimento é das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas

Dias 17, 18 e 19: em frente à FUA (Fundação Ubaldino do Amaral)

Endereço: avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes

Dias 24, 25 e 26: Coop Árvore Grande

Endereço: Rua Padre Madureira, 255

Dias 27, 28: Posto de atendimento CCR

Endereço: km 57 da rodovia Castelo Branco


Fonte: Jornal Ipanema


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 23/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 24/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 25/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/06/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock