Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 24 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Sorocaba - Tempo seco aumenta a procura por inalação

Notícia publicada em 27/08/2010



Com o tempo seco e a umidade relativa do ar em índices críticos, a indicação de pacientes com problemas respiratórios para inalação na rede municipal de saúde de Sorocaba aumentou 45,9% neste mês. A estimativa é da Secretaria Municipal de Saúde (SES), com base nos dados da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Norte, onde a quantidade desse tipo de procedimento passou de 1.501 em janeiro (mês úmido e de chuvas) para 1.617 em julho (seco). Ou seja, o aumento é de 7,7%. Até terça-feira, a SES contabilizava 2.190 inalações em agosto na mesma unidade, considerada a maior da cidade. Neste mês, até o dia 24, a média diária de consultas chegou a 571,5:17,8% a mais que em janeiro.

Segundo Aurea Iscaro Andrade, coordenadora do departamento de pediatria do Pronto-Atendimento da Zona Oeste de Sorocaba, a inalação é indicada para o tratamento de asma brônquica e de outras enfermidades que são acompanhadas de uma compressão reversível das vias respiratórias, como a bronquite obstrutiva crônica com ou sem efisema pulmonar. O medicamento líquido é transformado em névoa, que é inalada para fluidificar as secreções aderidas na parede dos pulmões, explicou. Nos casos em que há dificuldade para respirar, devido ao acúmulo de poluentes e partículas de poeira no ar, a inalação pode ser feita somente com soro fisiológico para quem tem nebulizador portátil em casa.

Ana Beatriz, 7 anos, foi uma das cpacientes que passaram por atendimento na rede municipal de saúde na tarde de ontem, por conta de problemas respiratórios. Além de estar na faixa etária mais suscetível, tem bronquite. Segundo a tia, Paula Ferreira Lima, a baixa umidade do ar é agravante. Mesmo com todos os cuidados não tem jeito. Sempre piora quando o tempo fica desse jeito, lamentou.

O número de consultas também aumentou, segundo a SES, pela incidência de pacientes com doenças do trato respiratório, como gripes, resfriados e as inflamações e infecções das vias respiratórias superiores, como faringite, sinusite, amidalite e rinite, por exemplo, ou complicações, como a pneumonia. O tempo seco é uma adversidade que o organismo humano enfrenta, pois precisa se adaptar e acaba desenvolvendo mucosa nasal mais ressecada e consequentemente fica mais propenso a rinites de quadros alérgicos e mais exposto a doenças em razão dos vírus que se dispersam com mais facilidade no ar, explicou.

Dicas

Além de redobrar o consumo de água, a médica sugere medidas simples à população, que podem ser implementadas com recursos caseiros para evitar reações à saúde comuns nesta época do ano, como dores de garganta e até alterações na pressão arterial. A utilização de uma bacia dágua em cada dormitório da casa e aplicação de soro fisiológico para umedecer as vias nasais são citadas como medidas mais eficazes. Tudo isso ajuda a respirar melhorar, mas a hidratação é sempre o mais importante, ninguém pode descuidar e deixar de beber bastante água, ressaltou.


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=39&id=337007


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 24/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 25/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock