Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 15 de Julho de 2019

NOTÍCIAS



Sorocaba - Multas de trânsito crescem 78% com a atuação dos amarelinhos

Notícia publicada em 28/07/2011



Notícia publicada na edição de 28/07/2011 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 5 do caderno A

Wilson Gonçalves Júnior
wilson.junior@jcruzeiro.com.br

A atuação dos agentes de trânsito, conhecidos por "amarelinhos", foi responsável por um crescimento de 78% no número de multas aplicadas em Sorocaba, no comparativo entre o primeiro quadrimestre deste ano com o mesmo período do ano passado. De janeiro a abril, foram 43.171 infrações contra 24.252 no ano passado. O valor arrecadado pelo município, com as infrações cometidas nas vias públicas da cidade, quase dobrou e passou de R$ 2.511.573,95 no ano passado para R$ 4.426.701,56 neste ano. A arrecadação mensal atual com as multas é de R$ 1,1 milhão; e, em 2010, a Urbes - Trânsito e Transporte angariou R$ 627 mil com as infrações.

Os amarelinhos começaram a aplicar multas no dia 5 de janeiro e somente nos primeiros quinze dias de atuação atuaram 2.557 veículos. Já neste balanço, registrado no site da Urbes (transparência pública), do dia 1º de janeiro a 30 de abril, foram aplicadas 359 multas diárias. Em 2010, no mesmo período, foram anotadas 202 infrações por dia. A nova sistemática de fiscalização, além das anteriores já utilizadas, radares fixos e móveis e outros agentes de trânsito, inclusive, mudou um pouco a modalidade dos tipos de infrações mais cometidas. O caso mais gritante, no que se refere ao aumento do número de infrações, foi o de estacionar o veículo na vaga de idoso. A prática foi autuada 183 vezes no primeiro quadrimestre de 2010 e aumentou 796% neste ano, com 1641 multas - salto de 13º para 6º no ranking de infrações mais cometidas.

Furar o rodízio que prevê horário para os caminhões circularem em avenidas (transitar em local e horário não permitido pela regulamentação estabelecida para o veículo) também não ocupava o ranking das mais recorrentes. Atualmente, é a quinta com maior quantidade de infrações: 2116. Entretanto, no ranking das multas, nos dois anos analisados, os quatro tipos infrações mais frequentes continuam sendo aplicadas pelos mesmos motivos: excesso de velocidade superior em até 20%, condutor sem cinto segurança, dirigir veículo com telefone celular e avançar o sinal vermelho.

O excesso de velocidade superior em até 20%, caso flagrado mais pelos radares, teve um aumento de 60%, com 9401 em 2010 e 15064 em 2011. Já o dirigir falando ao telefone celular, abordagem feita mais pelos amarelinhos, foi acrescida em 96%, com 2942 em 2010 e 5789 em 2011. O condutor sem cinto de segurança figura na terceira posição, aumento de 114%, 2558 em 2010 e 5494 em 2011. Este tipo de infração também obteve um aumento considerável pela atuação dos amarelinhos. No caso de avançar sinal vermelho, o crescimento de um ano para o outro foi de 48%, de 1018 para 1510 casos.

Prós e contras

O munícipe José Roberto Devisate Rodrigues foi favorável a atuação dos amarelinhos no início, quando os agentes apenas orientavam o trânsito de maneira educativa. No entanto, recentemente, sua esposa recebeu uma multa por cruzar um sinal vermelho da avenida Dom Aguirre, às 8h10, fato que ele rebate. "Eu só queria que alguém me explicasse como uma pessoa consegue cruzar a Marginal no farol vermelho nesse horário. Só se ela fosse mágica, já que devido ao trânsito neste horário, ele sofreria um acidente."

Ele ainda comparou ao município de São Paulo, que tem os marronzinhos da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). "Será que em Sorocaba está começando a indústria das multas, igual São Paulo. Nosso querido prefeito Vitor Lippi, por favor, tome providências", descreveu, do que chamou de absurdo.

Porém, existem alguns motoristas, como Enio Branco, que são favoráveis à atuação dos amarelinhos. Para ele, a multa só existe quando o motorista comete uma infração. "Muitos motoristas não conservam o veículo, não arcam com suas obrigações em manter em dia seus documentos, transitam acima do limite de velocidade e estacionam em fila dupla ou local proibido. Quem me dera se tivéssemos muito mais amarelinhos, para que os maus motoristas fossem punidos pelas multas ou apreensões dos veículos. Isso até ajudaria a diminuir o número de automóveis nas ruas", afirmou.

O dinheiro arrecadado com as multas é utilizado em projetos e consultorias técnicas para melhora do trânsito, fiscalização eletrônica (radares), materiais e bens de consumo, pró-labore da Polícia Militar que atua no trânsito, manutenção e combustível da frota da Urbes, semáforos e sinalização das vias de Sorocaba (horizontal, semafórica e vertical) e ainda na conscientização e educação do trânsito.


Fonte: http://portal.cruzeirodosul.inf.br/acessarmateria.jsf?id=317746


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 15/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 16/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 17/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 18/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 19/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 20/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 21/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock