Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 25 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Sorocaba - Consumidor adere às opções no primeiro dia sem sacolinhas

Notícia publicada em 26/01/2012



Notícia publicada na edição de 26/01/2012 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 9 do caderno A

Daniela Jacinto
daniela.jacinto@jcruzeiro.com.br

O primeiro dia sem a distribuição das sacolinhas plásticas nos supermercados foi tranquilo. A maioria dos entrevistados disse que apoia a iniciativa e que agora é uma questão de acostumar ao novo comportamento. Aqueles que esqueceram de levar de suas casas as sacolas retornáveis utilizaram caixas de papelão fornecidas pelos estabelecimentos ou comprando sacolinhas biodegradáveis, vendidas a R$ 0,19. Outros colocaram as mercadorias diretamente nos carrinhos de compra e depois as acomodaram no porta-malas do carro. Joel Siqueira, diretor regional da Associação Paulista de Supermercados (Apas), explicou que o resultado do primeiro dia sem sacolinhas ainda não foi contabilizado, portanto não soube dizer quantas sacolinhas plásticas deixaram de circular ontem na cidade. A entidade foi quem lançou a campanha "Vamos Tirar o Planeta do Sufoco", para redução do uso das sacolinhas plásticas em prol do meio ambiente.

No hipermercado Extra do bairro Santa Rosália, que até então distribuía 40 mil sacolinhas plásticas por dia, os clientes adaptaram-se bem ao novo costume. Muitos colocaram as compras nos carrinhos e depois no seus veículos, outros pegaram caixas e os mais desprevenidos compravam sacolinhas feitas de amido de milho ou as retornáveis, vendidas a R$ 2. A comerciante Luiza Helena Flores afirmou que sempre procura usar as caixas disponíveis. "Deixo um contêiner de plástico no carro para colocar os produtos. Sempre tive essa consciência, então para mim não está sendo difícil." No supermercado Galves, na av. Cel. Nogueira Padilha, a reação dos clientes foi semelhante. A doméstica Eliana Marques não lembrou do "fim das sacolinhas" e comprou uma sacola biodegradável, enquanto a professora Márcia Teixeira de Barros esqueceu em casa a sacola retornável e optou pelas caixas de papelão. "Já estava trazendo a sacola de casa antes mesmo de começar a valer a campanha. Se é algo que vai ajudar a melhorar o meio ambiente, então todos poderiam contribuir."

A diarista Angélica Almagro Gross foi ontem ao supermercado com a filha Daniele, que ajudou a mãe a acondicionar as compras. Angélica comprou sacolas retornáveis e afirmou que concorda com a campanha da Apas. "Só não sei ainda como vou fazer para jogar os lixos da cozinha e do banheiro, não decidi ainda se vou usar o jornal ou as sacolas biodegradáveis", disse. Já o ajudante geral Paulo Roberto Correia e a doméstica Maria Madalena dos Santos acharam "horrível" abolir as sacolinhas. "Está complicado, essas sacolinhas biodegradáveis são fracas e arrebentam facilmente, para nós que não temos carro e dependemos de carregar os produtos ficou complicado. Da próxima vez teremos de trazer as sacolas retornáveis", afirmaram. O casal reside em Votorantim e prefere fazer compras no Santo. "Acho que seria melhor multar quem abusasse do uso das sacolinhas plásticas do que tirar de circulação", argumentou Paulo Roberto.

Sacolas de papel

Uma opção politicamente correta tem sido a distribuição gratuita de sacolas de papel. Em Sorocaba, a empresa BagNews tem atuado nessa área há um ano distribuindo sacolas de papel Kraft para os estabelecimentos comerciais, que repassam a seus clientes também sem custo algum. A empresa produz 15 mil sacolas de papel, que é um produto biodegradável, reutilizável e reciclável, portanto ecologicamente correto. "A sacola é impressa com tintas à base de água", explica o jovem empresário Guilherme Galli Larrubia, que trouxe a ideia para Sorocaba.

Explicou que a BagNews é uma espécie de franquia e são ao todo 35 no país. Guilherme é o representante em Sorocaba e região. A gratuidade é possível graças aos anunciantes que pagam para estampar suas marcas nas sacolas. As sacolas são distribuídas em bancas de jornais, padarias, revistarias e mercados, entre outros, na região central e zona sul da cidade. São 40 pontos em Sorocaba. Com a campanha da Apas, Guilherme acredita que o negócio pode expandir. "Este ano a ideia é trabalhar com papel reciclado", adiantou.


Fonte: http://portal.cruzeirodosul.inf.br/acessarmateria.jsf?id=360478


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 25/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock