Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 02 de Dezembro de 2020

NOTÍCIAS



Sorocaba - Cinema argentino atrai os olhares do público brasileiro pelos temas abordados

Notícia publicada em 21/01/2011



Quem olha para o ator argentino Ricardo Darín consegue enxergar o passado da Argentina, devido sua atuação nas principais e recentes obras cinematográficas do país hermano.

Ele é o personagem principal do longa que será exibido nesta sexta-feira (21), às 19h, pelo Cine Café, do Sesc Sorocaba em parceria com a Oficina Cultural Grande Otelo.

"O Clube da Lua", do diretor Juan Jose Campanella (O Filho da Noiva), tem como mote o fechamento de um clube de dança fundado em Buenos Aires na década de 1940. Como pano de fundo há a crise financeira da década de 90 e a entrada do neoliberalismo na América Latina.

Para os olhares atentos dos observadores do novo cinema argentino o cinema autoral é um conceito que se encaixa perfeitamente às recentes produções do país vizinho.

Conforme o cineasta Marcelo Domingues, curador do Cine Café, liberdade estética e de construção narrativa, com orçamento inferior às obras cinematográficas do Brasil são algumas características que reforçam esse conceito.

Os cineastas argentinos tem expressado bem suas cosmogonias, ou seja, suas visões pessoal sobre o mundo.

"Com roteiros bem escritos e uma simplicidade visual que atrai o espectador, o novo cinema argentino já traz uma identidade de qualidade e bom gosto. O que muitas vezes falta ao nosso cinema nacional", diz o jornalista e cinéfilo, Gai Sang Oliveira.

Exemplos não faltam. "Cineastas como Juan José Campanella ("O Filho da Noiva"), Pablo Trapero ("Abutres"), Marcelo Piñeyro (""As Viúvas das 5ª Feiras"), Lucrecia Martell ("O Pântano") e Juan Villegas ("Sábado"), entre outros normes importantes da cinematografia portenha", enumera Gai.

Do longa "O Clube da Lua" o cineclubista Paulo Ernesto Aranha Rodrigues, destaca um encantamento nos detalhes e na interpretaçao dos atores.

"Eles fazem isso com grande propriedade e liberdade de pensamento, tanto na construção da narrativa quanto no tratamento do tema", afirma o cineasta Marcelo Domigues.

Para ele, os filmes argentinos não carregam fórmulas para agradar os financiadores / patrocinadores, como ocorre em boa parte das obras de grande projeção do cinema brasileiro.

Em cartaz
No circuito comercial, estreia nesta sexta-feira (21) o filme "O Turista", com Angelina Jolie e Johnny Depp. Leia mais nas páginas 17 e 22;

Obras do diretor
Entre as obras cinematográficas do diretor Juan Jose Campanella estão: "O Segredo dos seus Olhos" (2009), "O Clube da Lua" (2004), O Filho da Noiva (2001) e "O Mesmo Amor, A Mesma Chuva" (1999);

Cinema de arte
Marcelo Domingues ressalta que no Brasil omaior problema é a distribuição de filmes mais conceituais. "Os brasileiros como ?Lavoura Arcaica?, ?Estamira? e ?O Céu de Suely?, por exemplo, não chegaram nem perto dos cinemas comerciais de Sorocaba", atesta.


Fonte: http://redebomdia.com.br/Noticias/Viva/43229/O+segredo+dos++filmes+argentinos


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 02/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 03/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 04/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 05/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 06/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 07/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 08/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock