Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 26 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Sorocaba - Aumenta número de multas por transporte incorreto de crianças

Notícia publicada em 21/06/2012



173 pessoas foram autuadas entre janeiro e abril. Em 2011 no mesmo período foram 73

Notícia publicada na edição de 21/06/2012 do Jornal Cruzeiro do Sul, na página 008 do caderno A - o conteúdo da edição impressa na internet é atualizado diariamente após as 12h.

O número de motoristas multados pelo transporte incorreto de crianças, que deveriam estar nas cadeirinhas, aumentou em Sorocaba. De acordo com a Urbes - Trânsito e Transporte, entre janeiro e abril foram 173 autuações, enquanto no mesmo período do ano passado foram apenas 73 multas. A desobediência ao uso de assento especial para menores de sete anos e meio é infração gravíssima que acarreta multa no valor de R$ 191,54 e 7 pontos na carteira. Já a quantidade de pessoas multadas por infrações de trânsito referentes ao cinto de segurança diminuiu. Desde o início do ano até abril, foram 1.665 multas, número inferior aos 5.477 motoristas autuados no mesmo período de 2011.

No início desta semana - por meio do programa "Meu Tesouro, Meu bebê", promovido pela Urbes - uma campanha abordou grupos de gestantes na Policlínica Municipal para ensiná-las a maneira correta de usar o cinto de segurança e as cadeirinhas para transporte de crianças de modo a evitar esse tipo de infração.

A palestra foi ministrada por funcionários da Urbes e mostrou que o cinto de segurança deve sempre ser posicionado em cima de ossos do corpo, por isso a faixa deve ficar abaixo da barriga, nos ossos do quadril. A mesma regra valeria para as crianças, por isso a assento de elevação - ou booster - seria essencial para as crianças menores de 1,45m e acima de 4 anos, já que devido à sua altura o cinto não se posiciona nos locais corretos, sem o auxílio do equipamento. Para os bebês até um ano, o bebê conforto é o recomendado, e deve ainda ser posicionado de costas para o banco do passageiro. Já as crianças de 1 a quatro anos devem utilizar a cadeirinha com cinto de cinco pontos.

O programa tem como objetivo conscientizar gestantes, pais e responsáveis sobre o transporte seguro das crianças. De acordo com a gerente de Educação Para o Trânsito da empresa , Roberta Bernarde, as orientações são passadas durante o pré-natal, nas maternidades e às mães. "Ensinamos como dirigir enquanto grávida e oferecemos orientações como a distância do banco e a posição correta do cinto de segurança", explica. Além das gestantes, as parturientes também recebem orientações em maternidades públicas e particulares para que já saiam do local com o bebê em acomodação segura, como o bebê conforto. A conscientização continua nas Unidades Básicas de Saúde (UBS"s), onde as mães levando os filhos para acompanhamento pediátrico também são alvo da campanha.

A gestante Sueli Gomes de Souza, que participou da ação na Policlínica, contou que o assunto é uma novidade para ela, embora esteja grávida pela segunda vez. "Quando tive minha filha há 22 anos não era assim. A segurança de hoje é diferente", comenta. Na mesma situação, Solange Aparecida de Oliveira Rosa lembra que quando teve sua primeira filha, há 18 anos, este tipo de orientação e produto não eram tão acessíveis. "Não usava na época", diz. A obrigatoriedade do transporte de crianças com até dez anos somente no banco traseiro está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) desde sua entrada em vigor, em 1998. Porém, só em 2008 a Resolução 277 uniformizou procedimentos e definiu os critérios para dispositivos de retenção para crianças. A determinação é para que crianças até sete anos e meio sejam sempre transportadas em assentos especiais.

Grávida pela primeira vez, Larissa Vieira, conta que até já comprou o bebê conforto. "Comprei um que veio junto com o carrinho do bebê", relatou. Ela afirma que já conhecia grande parte das orientações e as utilizava quando dirige. Já Sueli, ganhará o equipamento de uma parente que já não o utiliza mais, pois seu filho tem mais de um ano.

Grupos de mães que desejam receber este tipo de orientação podem procurar o setor de Educação Para o Trânsito da Urbes, através do site www.urbes.com.br ou pelo telefone 3331- 5000.


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/acessarmateria.jsf?id=396683


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 26/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 02/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock