Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 25 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Sorocaba - Árvores são geradas em núcleo de universidade

Notícia publicada em 16/11/2010



A maioria das 50 mil mudas de árvores que serão plantadaa em Sorocaba em sessenta minutos no próximo dia 5 de dezembro foi gerada no Núcleo de Estudos Ambientais da Universidade de Sorocaba (Uniso), situado à margem do km 91 da rodovia Raposo Tavares. Do total, 35 mil delas tiveram essa origem e as outras quinze mil foram compradas. No Núcleo de Estudos Ambientais é feito o processamento das sementes no laboratório de botânica para a germinação. Na sequência, os embriões - tecnicamente chamados de plântulas -, são imersos em água e enviados para as Penitenciárias 1 (no bairro Mineirão) e 2 (Aparecidinha), onde os detentos colocam um a um em sacos plásticos com terra para que, após um período de quatro a oito meses nos viveiros existentes no local, desenvolvam-se transformando-se nas mudas. Hoje há cerca de 350 mil mudas em fase de desenvolvimento nos viveiros dos dois presídios.

O núcleo da Uniso germina as plântulas desde 2004, possibilitando a produção de uma média de 30 mil mudas por ano. Em 2010 a produção saltou para 70 mil unidades a fim de atender à solicitação da Prefeitura, que pretende plantar cem mil mudas. Todas as mudas desenvolvidas pela universidade em parceria com as penitenciárias são fornecidas gratuitamente. O biólogo e coordenador do curso de Gestão Ambiental na Uniso, Nobel Penteado de Freitas, diz que elas são preparadas exclusivamente para atender plantios públicos. Ressalta que só negam a doação, por exemplo, para alguém que precisa fazer um plantio porque foi autuado ambientalmente.

Todo o trabalho para a geração das mudas começa pela coleta das sementes que costuma ser feita na área urbana e na mata pela equipe do núcleo. O biólogo Nobel diz que apesar de parecer simples a coleta é difícil, principalmente quando feita na mata, onde é preciso muita atenção para enxergar as sementes corretas no solo. Esse trabalho é feito por quatro estudantes de graduação que estagiam no núcleo, em parceria com o projeto SOS Obras Sociais, que apoia a coleta com um veículo para o transporte da equipe e um profissional para auxílio.

As sementes são levadas para o laboratório de botânica do núcleo da Uniso, onde, de acordo com a espécie, receberão diferente tratamento para o beneficiamento. Algumas são colocadas em uma secadora. Outras precisam ser escarificadas, ou seja, terão a superfície desgastadas com uma lixa ou processo químico com ácido sulfúrico. A escarificação é exigida para sementes duras, de árvores como a canafístula, favero ou o jatobá; e acelera o tempo para a germinação. Beneficiadas as sementes são plantadas em areia fina de construção sem qualquer fertilizante. As plântulas quase não ocupam espaço nessa fase, possibilitando que dez mil delas ocupem oito metros quadrados.

A germinação ocorre em estufas que as protegem de pássaros e outros animais e são capazes de reduzir a luminosidade do sol em até 70%. Dependendo da espécie da árvore são precisos de trinta a setenta dias para que a semente seja uma plântula formada. Ela é germinada em areia fina de construção para que facilmente seja retirada com os dedos sem que haja danos à raiz. O biólogo Nobel explica que os detentos fazem um furinho na terra envolta com o saco plástico e introduzem a raiz da plântula.

Megaplantio tem cadastro na internet

A ação denominada megaplantio tem o objetivo de plantar 50 mil novas mudas de árvores em uma hora, em áreas de preservação da zona norte de Sorocaba. Ela está programada para ocorrer no próximo dia 5, a partir das 9h, com a participação de voluntários. Eles ganharão camisetas, certificados, lanches, sucos e ainda assistirão a um show. Cada um deve plantar dez mudas no período de sessenta minutos. A sociedade fará o plantio de oitenta espécies de mudas do cerrado e da mata atlântica, sendo 30% delas frutíferas, como amora, jaca, goiaba e ingá. A iniciativa da Prefeitura conta com o apoio da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), mantenedora do jornal Cruzeiro do Sul. O megaplantio faz parte do Plano de Arborização Urbana, cuja meta é realizar o plantio de 500 mil árvores até 2012.

Os interessados em participar podem se cadastrar gratuitamente pelo e-mail separ@sorocaba.sp.gov.br. As pessoas que comparecerem ao local também poderão fazer o plantio. Na data, cinquenta ônibus passarão em pontos específicos espalhados pela cidade para levar os participantes cadastrados até os locais de plantio. Serão áreas públicas e de preservação localizadas nas margens do rio Sorocaba, que passam pelos bairros Jardim Santa Marina 1 e 2, Jardim Santa Lúcia, Parque das Paineiras, além de uma região no final da avenida Ulysses Guimarães. A expectativa é mobilizar cerca de 5 mil pessoas para participar do evento.


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=39&id=365941


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 25/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock