Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 28 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Peça: Why the horse? fecha temporada em Sorocaba

Notícia publicada em 06/12/2016



Peça: Why the horse? fecha temporada em Sorocaba

No início do ano passado, ao completar 80 anos de idade acometida pela doença de Parkinson e com dificuldade de locomoção, a atriz e diretora teatral Maria Alice Vergueiro sentiu que era o momento de criar um espetáculo sobre um assunto inquietante e iminente: a morte. Morrer em cena, aliás, foi o ponto de partida da peça Why the horse?, do grupo Pândega, que estreou na capital paulista em abril de 2015 e será encenada pela última vez amanhã, às 20h, no Sesc Sorocaba. Os ingressos, disponíveis até o fechamento desta edição, custam R$ 20 (inteira) e podem ser adquiridos na bilheteria da unidade (rua Barão de Piratininga, 555).

Por coincidência, mas como uma espécie de acerto de contas com o passado, o espetáculo derradeiro será apresentado na terra natal do pai de Maria Alice, o promotor Nicolao Pereira de Campos Vergueiro Neto, e na cidade de onde ela guarda as memórias da infância vivida entre os 4 aos 12 anos. "Naquela época eu já pensava em fazer circo", comenta, recordando o nome das melhores amigas do Colégio Santa Escolástica e descrevendo a diversidade de árvores frutíferas do pomar da sua casa, no Jardim Vergueiro, onde atualmente é a Faculdade de Medicina de Sorocaba da PUC-SP.

Em Why the horse?, Maria Alice encena seu próprio velório e divide o placo com o ator sorocabano Robson Catalunha e os paulistanos Luciano Chirolli e Carolina Splendore. Instigada pela temática da morte, Maria Alice convocou os integrantes da companhia para a construção coletiva do espetáculo, cuja proposta se traduz literalmente no ensaio do seu derradeiro momento para, segundo ela, "não ser pega de surpresa". "Com sorte pode ser que eu morra em cena. Se não, estaremos de volta no dia seguinte", dizia na véspera da estreia, no Sesc Santana, em abril do ano passado.

Conduzidos pelas provocações de Maria Alice, Catalunha e os demais atores da companhia deram forma ao espetáculo que, por não possuir texto fechado, como uma dramaturgia convencional, segue o estilo "happening" e se transformou ao longo de cada uma das 89 apresentações da temporada, que passou pelos estados de Roraima, Ceará, Santa Catarina e Paraná. "É um trabalho que foi amadurecendo com o passar do tempo. A estrutura do happening é mais próxima à performance e nunca se repete. Nós temos algumas células dramatúrgicas e entre uma e outra, as cenas são sempre imprevisíveis. A gente joga com o risco e cada espetáculo é uma surpresa", comenta o ator sorocabano.

Ao lado do material gerado pelas improvisações e dos temas pessoais dos integrantes em suas relações com Maria Alice, Why the horse? dialoga com alguns dos principais autores presentes na trajetória artística da premiada atriz, como Alejandro Jodorowsky, Samuel Beckett, Bertolt Brecht e Hilda Hilst. Embora a temática da peça possa parecer densa e pesada, Maria Alice Vergueiro esbanja irreverência para provar o contrário. "Não é sinistra, é cômica. Tem leveza e tem humor", complementa Maria Alice, convidando o público sorocabano a prestigiar a peça.

Cinquenta anos mais jovem que Maria Alice, Robson Catalunha reconhece que a forma como se relacionava com a morte já era diferente. "Aos 30 anos, de certa maneira, nos achamos imortais", comenta. Entretanto, ele assinala que essa percepção se modificou no período em que está envolvido com a peça.

"Em um ensaio, o Fábio Furtado [dramaturgo da peça] nos perguntou: qual a sua relação com a morte? Nesse dia, descobri que refletia sobre ela na estrada, voltando de Sorocaba, todas as vezes que visitava meus pais. "E se essa fosse a última vez que os vi?", pensava. "Teria alguma coisa que eu gostaria de dizer ou fazer e ainda não disse ou não fiz?". Sim, tinha! Motivado pela resposta dessa pergunta, resolvi uma questão que tinha com meus pais", complementa o ator, que se apresenta em Sorocaba pela primeira vez depois de sete anos.

Com 53 anos dedicados às artes cênicas, Maria Alice Vergueiro foi eleita na semana passada vencedora do Grande Prêmio da Crítica 2016 da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte). "Levei um susto, mas gostei de ter recebido. Esse [prêmio] eu não tinha e é bom porque vem dos críticos", avalia. Apesar de ser a última apresentação deste "ensaio para a morte", Maria Alice Vergueiro demonstra disposição para seguir nos palcos até o final. "Talvez a gente faça outra coisa, mas não sabemos ainda o que é. Parar por quê?", finaliza.

Serviço:

O espetáculo teatral Why the horse? será apresentado amanhã, às 20h, no teatro do Sesc Sorocaba. Os ingressos, disponíveis até o fechamento desta edição, custam R$ 6 para credenciados no Sesc e dependentes (credencial plena), R$ 10 para aposentados (pessoas com mais de 60 anos), pessoas com deficiência, estudantes e servidores da escola pública com comprovante e R$ 20 inteira


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 02/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 03/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 04/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock