Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 27 de Novembro de 2020

NOTÍCIAS



Cuidados simples podem evitar a ocorrência de otites e inflamações

Notícia publicada em 06/03/2014



Cuidados simples podem evitar a ocorrência de otites e inflamações

Neste período de sol e o calor, a piscina e o mar são frequentados por muitas pessoas. O que nem todos sabem é que nesse tipo de ambiente é necessário um cuidado a mais com o ouvido. Especialistas alertam que caso ele entre em contato com água contaminada poderá surgir uma otite externa, que além de uma dor intensa, em alguns casos pode aparecer prurido e secreção. O ato de coçar o ouvido com a unha ou até mesmo passar cotonete pode machucar e, assim, surgir a possibilidade de uma inflamação.

O otorrinolaringologista Godofredo Campos Borges afirma que a grande dica para evitar a otite é enxugar e limpar o conduto do ouvido com uma toalha. "Passe água, não precisa ficar colocando sabão e nem jogando mais água. Aproveite com o que caiu, senão pode ficar difícil de sair. Mas, o mais importante é não usar cotonete", orienta. Ele esclarece que o cotonete é o maior responsável pelo surgimento de inflamações. Isso porque neste órgão o conduto tem menos "gordurinha" do que na parte externa da orelha, sendo mais fácil de machucá-lo. "Piscina é uma delícia; mar melhor ainda. A natação é um esporte completo, portanto, as crianças têm de saber nadar, até por segurança, mas existem alguns detalhes que podemos ajudá-los na prevenção de doenças do ouvido."

Sobre os tampões de ouvido, Borges diz que funcionam. O ideal, segundo o otorrino, é um modelo de silicone que molde toda a orelha e não dentro do ouvido em si. "Só deve usar quem necessita evitar que esta água entre. Quem não tem nada, não precisa usar. E sempre é importante lembrar que ninguém deve se automedicar."

Outro problema que acomete a audição é o fone de ouvido e que pode atingir todas as faixas etárias. Borges cita que é muito comum que o adolescente ou adulto passe horas no computador usando o fone, o que não caracteriza uma adversidade, mas depende da intensidade que se usa. "Se alguém ao lado já está ouvindo, é porque está prejudicando. A grande dica para saber se não está afetando é quando você consegue escutar a conversa com outra pessoa mesmo utilizando o fone. A partir do momento em que é necessário retirá-lo para ouvir o que uma pessoa diz ao conversar com você, provavelmente está numa altura prejudicial, sendo irreversível", complementa o médico. Ou seja, a perda de audição não é recuperável.

Limite sonoro

Godofredo Borges orienta que até 85 decibéis é o volume suportável por até oito horas. No caso de 86 decibéis, o tempo máximo deve ser de sete horas. Ainda assim, afirma ele, já foi levantada a possibilidade de obrigar fabricantes de fones auditivo a ter uma capacidade máxima de 80 decibéis. Em relação às baladas e shows, que chegam a ter um som de algo em torno de 140 decibéis, a preocupação é ainda maior. Nesse ruído, o indivíduo poderia ficar exposto, no máximo, cinco minutos, mas o show tem, em média, duas horas. "Essa é a explicação do zumbido e sensação de ouvido tapado após o espetáculo, que vai se recuperando durante a semana."

Borges explica que o responsável pela captação do som é semelhante a alguns cabelinhos. "Nós brincamos que, se pegarmos essa célula, ela é como uma grama e, se pisarmos nela todo dia, ela ficará doente, mas depois se recupera. Porém, caso fiquemos todo dia batendo nela, irá morrer e não nascerá mais grama, ou seja, teremos a perda", exemplifica. Ele alerta que quem gosta de ir por até seis ou oito horas atrás de um trio elétrico, deve tomar cuidado. "As pessoas podem curtir os carnavais, mas com cuidado para poder ir sempre."

Até mesmo um rojão pode trazer sérios danos, pois além de provocar a perda do tímpano, também pode causar um trauma, que embora não represente tanta diferença na audição, pode fazer com que o indivíduo adquira um zumbido para o resto da vida. "Um zumbido tem várias causas, mas, pensando no trauma, há grande dificuldade em melhorá-lo." Já o barulho das avenidas gira em torno de 80, 85 decibéis, ou seja, é até aceitável. "Mas vemos por aí aqueles carros com caixa acústica que incomodam a quem está do lado, imagine o ouvido do indivíduo que está guiando. Este vai ter uma alteração grande e irreversível", lembra Borges. Ele diz que embora não exista uma lei que obrigue a pessoa a diminuir a intensidade deste tipo de som, o fato de incomodar a sociedade deveria provocar uma revisão.

Perda de audição

O médico cita que alguns dos responsáveis pela perda de audição são o ruído ocupacional, o fone de ouvido e o trauma acústico. Outro fator que faz diminuir a audição é a idade. A perda de ruído se concentra na faixa etária mais aguda em que a pessoa escuta, mas não entende o que é, típico de quem tem mais idade. "Infelizmente a sociedade não tem o hábito de respeitar muitos deficientes e não tem paciência para repetir a fala", opina Borges, que perdeu sua audição quando tinha dez anos por conta de otites repetidas.

Hoje, Borges usa aparelho auditivo que o permite escutar muito melhor, mas alerta: "A grande vantagem é prevenir. A pior deficiência é aquela que não assumimos. Vários têm e não usam o aparelho, pois é caro. O SUS (Sistema Único de Saúde) doa o aparelho, mas óbvio que existe uma morosidade." Borges conta que retira o aparelho para dormir e tomar banho, e "quando não quiser ouvir algo, basta tirar a pilha", brinca.

Amamentação

Outro alerta do médico é em relação a amamentação, que deve ser feita na posição mais vertical possível. Caso não seja feita, o leite pode ir para o ouvido. "A mãe está cansada, deixa a mamadeira na mão da criança, e isso é capaz de fazer alguma alteração no aparelho auditivo, que é muito complexo. Parte do leite da boca, vai ao fundo do nariz e tem um canalzinho que vai até o ouvido", elucida. Ele afirma que este simples ato pode prevenir as otites da criança.  


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/534857/cuidados-simples-podem-evitar-a-ocorrencia-de-otites-e-inflamacoes


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 27/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/11/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 02/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 03/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock