Sorocaba, 28 de Julho de 2014

NOTÍCIAS

Compra de produtos para a festa do réveillon movimenta o comércio

Notícia publicada em 30/12/2012



Compra de produtos para a festa do réveillon movimenta o comércio

A proximidade do réveillon ajudou a movimentar o comércio ontem em Sorocaba. Os consumidores aproveitaram o último sábado de 2012 para comprar os tradicionais produtos para virada do ano. Nas lojas, as roupas brancas tomavam conta das gôndolas e vitrines. Já nos mercados, os alimentos típicos para a ceia, como frutas, lentilha e o bacalhau, estavam à mão de quem faz questão de manter a tradição para festejar o início de 2013.

A gerente de uma loja de confecções, Sueli Oliveira, disse que a empresa reforçou o estoque de roupas para o réveillon para oferecer mais opções aos clientes. Além do tradicional branco, ela conta que neste ano outras cores também estão sendo procuradas para festa, especialmente o amarelo e o dourado, que são as cores que "chamam dinheiro". Segundo ela, passado o Natal, o comércio aproveita para faturar um pouco mais com a venda desses produtos típicos na virada do ano. "Até segunda-feira, véspera do réveillon, o movimento tende a aumentar". Essa também é a expectativa do gerente de outra loja de roupas, Francisco Canindé. "Todo final de ano, pelo menos alguma peça branca os clientes acabam levando, mas o movimento maior fica mesmo para a véspera. O que tem de mercadoria acaba saindo", relata.

Mesmo quem garante que não liga para superstição, acaba não resistindo em levar pelo menos algum produto em exposição nas lojas para a virada do ano. A cabeleireira Cíntia Jordão, 40 anos, percorria as lojas do centro ontem pela manhã para escolher alguma roupa para a filha passar a festa de réveillon. "Passamos a noite sempre de branco, para trazer paz para o próximo ano. Mas não dá para comprar tudo novo, também tem que improvisar com o que já temos em casa".

A autônoma Alessandra Nagata, 25 anos, diz que também não abre mão da roupa branca no réveillon, mas que neste ano decidiu acrescentar o dourado no seu modelito para a festa. "Além de dar um toque diferente no visual é a cor que atrai dinheiro, que é sempre bom", brinca. Já a fisioterapeuta Ana Beatriz de Almeida Brito Silva, 42 anos, que habitualmente usa branco em função da sua profissão, conta que vai inovar nesta passagem de ano. "Estou procurando algo azul piscina, chega de branco".

Para quem ainda não escolheu com que cor vai passar a virada, a gerente Sueli Oliveira dá a dica do que cada tonalidade pode atrair para o próximo ano. "O branco é paz, o verde é esperança, o amarelo é dinheiro, o vermelho é paixão e o rosa é amor. Mas se preferir pode misturar tudo".

Ceia da sorte

Além da vestimenta da cor certa, a tradição do réveillon também está na escolha dos ingredientes da ceia. A dona de uma banca do Mercadão Municipal, Tereza Hena, disse que além da lentilha, que é um dos produtos mais procurados para a ceia da virada do ano, o bacalhau também se tornou um prato muito apreciado nesta data. "Ainda mais neste ano, que os preços estão menores, a procura está sendo muito grande". O preço médio do quilo do bacalhau vai de R$ 40 a R$ 75. A dona de casa Risolete Juvêncio da Silva, 42 anos, está entre as que não abre mão do cardápio certo para a virada. "Tem sempre que ter a lentilha, que traz a prosperidade, além do bacalhau, pra gente andar sempre pra frente. É um pouquinho caro, mas a vale para festejarmos com a família".

Na banca de frutas o movimento também é intenso nessa época do ano. Mário Utiyama diz que as uvas são as mais procuradas para ceia de réveillon, embora outros tipos frutas também sejam bastante requisitadas, principalmente as mais tropicais. Outra espécie de fruta que não pode faltar na banca neste período é a romã, que um símbolo de prosperidade para o próximo ano. Mas para ter um produto de boa qualidade, ele conta importou um lote dos Estados Unidos. O preço por unidade da fruta chega a R$ 12. Para a dona de casa Vânia de Oliveira, 36 anos, as frutas realmente são itens indispensáveis para ceia de réveillon. "As uvas não faltam nunca, tem que comer um gomo para cada mês do novo ano". Pelo menos o custo a pagar por essa superstição é menor. O preço médio do quilo da uva está entre R$ 5 e R$ 6. 


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul


Comente


Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento

Vagas de Empregos


Eventos

Dia: 28/07/2014

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Dia: 29/07/2014

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Dia: 30/07/2014

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Dia: 31/07/2014

Roda de Casais Grávidos e Gestantes

Horário: 19h00
Local: Rua Clodomiro Paschoal, 47, Jd. Paulistano, SOROCABA - SP

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Dia: 01/08/2014

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Roda de Casais Grávidos e Gestantes

Horário: 19h00
Local: Rua Clodomiro Paschoal, 47, Jd. Paulistano, SOROCABA - SP

Dia: 02/08/2014

Roda de Casais Grávidos e Gestantes

Horário: 19h00
Local: Rua Clodomiro Paschoal, 47, Jd. Paulistano, SOROCABA - SP

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron

Dia: 03/08/2014

Roda de Casais Grávidos e Gestantes

Horário: 19h00
Local: Rua Clodomiro Paschoal, 47, Jd. Paulistano, SOROCABA - SP

Casa de Repouso Rosa de Saron

Horário: 08h00
Local: Casa de Repouso Rosa de Saron


Notícias


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock