Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 26 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS



Começa primeira etapa de ampliação do prédio do Macs

Notícia publicada em 27/05/2014



Começa primeira etapa de ampliação do prédio do Macs

A primeira das três etapas de ampliação do prédio que abrigará o Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (Macs), na antiga Estação Ferroviária, teve início na semana passada e a previsão é de ser concluída até o fim deste ano. Nesta fase, as obras envolvem todo o setor administrativo da instituição, escritório, reserva técnica, área de monitoria, recepção dos visitantes, biblioteca, banheiros e uma cafeteria. Reúne, ainda, uma inusitada ocupação do renomado artista plástico José Resende, que utilizará quatro vagões antigos de trem para criar uma instalação em frente à nova sede. O investimento para tanto é de R$ 2,4 milhões, verba repassada, em sua maior parte, pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio de sua Secretaria de Estado da Cultura, além de contrapartida da Secretaria de Cultura de Sorocaba.

Como adiantou a presidente de Macs, Cristina Delanhesi, outro desafio deste ano é conseguir arrecadar mais verba para dar início às duas últimas etapas da ampliação ainda no fim deste ano, já que a expectativa é que o museu seja entregue ao público em 2015. De acordo com a presidente do museu, a segunda e a terceira etapas da obra incluem mais dois ambientes para exposições e, ainda constam nos planos um auditório, com 145 lugares, totalmente adaptado para portadores de necessidades especiais. "Tudo depende da verba que conseguiremos. Quanto mais recursos, mais rápida a ampliação", pondera.

A obra total de ampliação do museu, com todas as etapas, demanda um investimento total de R$ 10 milhões. Enquanto segue a reforma do novo prédio, as atividades continuam sendo realizadas no Chalé Francês, sede provisória do museu.

"Será diferente do processo de restauração. Trata-se de uma requalificação do prédio, em que a arquitetura histórica será mantida, ao mesmo tempo em que receberá uma intervenção arquitetônica contemporânea", detalha Cristina sobre o projeto, assinado pelo arquiteto Pedro Mendes da Rocha, e que irá manter as características originais do prédio histórico.

Contribuindo para a implantação da política pública cultural em Sorocaba e promovendo a recuperação do patrimônio e do acervo histórico local, a obra total de ampliação do museu, com todas as etapas, soma 2.100 metros quadrados. A expectativa é que, a partir de 2015, com tudo pronto, a capacidade de circulação de pessoas no Macs dobre. O público visitante vem crescendo ano a ano, de 6 mil, em 2012, para 12mil, em 2013, com expectativa de chegar a 30 mil, após o término completo da expansão.

Para a secretária de cultura e lazer de Sorocaba, Jaqueline Gomes da Silva, o projeto do novo Macs enriquecerá o cenário cultural da cidade, permitindo que mais pessoas tenham acesso às atividades promovidas. "É um projeto completo, com um acervo muito rico e ações que envolvem toda a cidade. Com certeza, um trabalho que deve ser exaltado", afirma.

Segundo Cristina Delanhesi, após muitos anos de trabalho, o Macs é, hoje, referência no setor, projetando Sorocaba no circuito cultural brasileiro. "A instituição surgiu do desejo de ter, na cidade, um equipamento cultural de valor e que atendesse uma área totalmente deficitária: as artes visuais", conta a presidente. Ela lembra, ainda, que o museu começou suas operações sem um espaço físico definitivo e sem peças em seu acervo. "Tínhamos, apenas, muita vontade de trabalhar no projeto", ressalta.

Atualmente, o museu dispõe de 230 obras de arte, entre pinturas, esculturas, gravuras, objetos, vídeos-arte, fotografias, instalações e peças de design. Em sua maioria, foram doadas pelos próprios artistas, o que, segundo Cristina Delanhesi, demonstra o entusiasmo do meio cultural pelas atividades e objetivos do Macs. Outras obras foram incorporadas ao acervo, por meio de doações de empresários sorocabanos e demais entusiastas do projeto.

A coleção teve como pontapé inicial obras dos anos 1960 e 1970, lembrados pela forte transformação nos conceitos de arte que promoveram. A partir deste conceito, a equipe do Macs começou a reunir obras de nomes da cidade e outros reconhecidos no mundo todo, como: Alex Flemming, Estela Sokol, Fernando Szyszlo, Kenneth Kemble, Lucia Castanho, Manuel Veiga, Miguel Ángel Rojas, Robert Goodnough, Nelson Leirner, Santiago Cárdenas, entre outros.

A coleção do Macs encontra-se em processo de formação e, ainda que expressiva, apresenta lacunas de movimentos e tendências artísticas. Entretanto, possui conjuntos significativos e é abrangente o suficiente para mostrar a riqueza e a diversidade da produção contemporânea brasileira. "O Museu representa, sem dúvida nenhuma, um rico patrimônio cultural, sobretudo, para uma cidade carente de acervos artísticos, como Sorocaba", afirma Cristina.

Desde a sua formação, o museu já realizou inúmeras exposições, cursos para artistas e palestras que trouxeram à cidade grandes nomes do mundo das artes plásticas.

A visitação permanece aberta no Chalé Francês, sede provisória do Macs, que fica na Av. Dr. Afonso Vergueiro, s/nº, Centro, na Praça Jd. Maylasky. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3233-1692. 


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/548949/comeca-primeira-etapa-de-ampliacao-do-predio-do-macs


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 26/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 31/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/02/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock