Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 26 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS



Cada sorocabano emite 1,57 t de CO2/ano

Notícia publicada em 15/05/2014



Cada sorocabano emite 1,57 t de CO2/ano

Cada sorocabano é responsável pela emissão anual de 1,57 tonelada de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, o gás que mais colabora para o aquecimento global. O índice, considerado alto e que preocupa os órgãos ligados à preservação do meio ambiente, é parte dos dados levantados pelo Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa, estudo apresentado pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) que é o primeiro passo para a elaboração de uma Política Municipal de Mudanças Climáticas, com o objetivo de tentar diminuir a emissão de gases poluidores na atmosfera. A fumaça exalada pelos escapamentos dos 408.920 veículos que circulam pela cidade é a principal fonte de lançamento desse poluente no ar que os sorocabanos respiram, correspondendo a 53% do total.

O estudo foi feito pela empresa In Natura Soluções Ambientais Ltda., de Curitiba (PR), com investimentos públicos de R$ 144,6 mil. A base de dados foi levantada levando-se em conta um período de dez anos, entre 2002 e 2012. De acordo com o inventário, foram emitidas 9,3 milhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente (CO2e) - que seria uma medida utilizada para expressar a quantidade do gás presente da atmosfera - no período estudado. Em 2002, esse número ficou em 795 mil toneladas de CO2e emitidos, aumentando para 943 mil toneladas em 2012 - o que dá a média anual de 845,5 mil toneladas. Houve um pico de emissão do gás poluente em 2011, ano no qual foi ultrapassada a marca de 1 milhão de CO2e enviados à atmosfera.

Conforme a análise feita no ano de 2012, se dividido o total de carbono emitido (943 mil) pela população registrada naquele ano em Sorocaba (600.692 pessoas), chega-se à média de 1,57 tonelada por cada habitante. Esse número é maior do que o calculado em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, uma cidade de grande porte - Sorocaba é considerada de médio porte. Na capital mineira, de acordo com o último dado disponibilizado, de 2007, cada um dos 2.414.000 habitantes emitiu 1,32 tonelada de CO2 equivalente. Já no Rio de Janeiro, outra capital com população de 5.894.349, em 2005, a média de carbono emitido por pessoa era de 1,92 tonelada.

O inventário também fez uma projeção para a emissão de carbono no ano de 2024, caso não sejam tomadas ações para minimizar essa situação. A empresa responsável pelo estudo chegou ao número de 1.195.000 toneladas de CO2e para aquele ano. Se contrastada com a projeção populacional estipulada pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) para 2015, a emissão de cada habitante aumentaria para 1,74 toneladas em Sorocaba. Diante da perspectiva de que a situação piore caso medidas não sejam tomadas para evitar a poluição do ar, os dados do inventário servirão como base para a Política Municipal - que a administração municipal pretende que esteja finalizada em setembro deste ano - e, na sequência, para a elaboração do Plano de Ação Climática Municipal e do Relatório de Mitigação de Emissões de Gases de Efeito Estufa.

Fontes de emissão

Os veículos se mostraram os principais vilões do efeito estufa na cidade, responsáveis por 53% da emissão de carbono na atmosfera. No período utilizado na pesquisa, entre 2002 e 2012, a frota de veículos aumentou 110% na cidade. Passou de 180.696 automóveis, motocicletas, entre outros, para 381.117, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Atualmente, a frota de veículos gira em torno de cerca de 409 mil.

A segunda maior fonte geradora de poluentes em Sorocaba que contribui para o efeito estufa são os resíduos sólidos, com 20%. Ao serem dispostos nos aterros sanitários, eles geram o gás metano, que atinge a atmosfera e ajuda a maximizar o aquecimento global. Depois disso está a chamada combustão estacionária, gerada pelas atividades industriais, com índice de 15%; o setor de energia elétrica, com 8%; o sistema de tratamento de esgoto, com 2%, e as atividades do setor agropecuário, florestal e o uso de solo, também com 2%. 


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/547045/cada-sorocabano-emite-157-t-de-co2ano


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 26/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 31/01/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/02/2021

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock