Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 02 de Dezembro de 2020

NOTÍCIAS



Banco de alimentos quer aumentar coleta

Notícia publicada em 17/01/2013



Banco de alimentos quer aumentar coleta

O Banco de Alimentos de Sorocaba coletou 534,7 toneladas de alimentos durante o ano passado. O valor é 1,8% menor do que registrado em 2011 quando foram coletadas 544,7 toneladas. Com sete anos de atividades - aniversário comemorado no início do mês - em 2013, a entidade deseja aumentar o número de supermercados doadores. Com a estrutura atual a retirada de produtos alimentícios que seriam descartados é feita em seis estabelecimentos de Sorocaba e Itu. A ideia é que pelo menos outros quatro sejam adicionados à lista de parceiros. Outra meta para esse ano é a construção de um galpão para a instalação de uma máquina de higienização de alimentos que já foi comprada, custou R$ 28 mil e está parada desde setembro passado.

Por meio de uma parceria feita com a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) de Sorocaba, a entidade coleta alimentos considerados sem valor comercial mas ainda em condições de consumo. A Ceagesp cede o espaço físico para a entidade que recebe doações dos permissionários, supermercados e padarias. Depois de recebidas, as doações passam por uma triagem. O que está impróprio para o consumo humano é descartado e enviado para fábricas de rações animais. O restante é higienizado, embalado novamente e doado para as mais de cem entidades assistenciais cadastradas.

Como explica a assistente social da entidade, Meire Elen Rodrigues, a mudança de embalagem é feita pois a responsabilidade pela qualidade do que será consumido é do Banco de Alimentos e não mais dos estabelecimentos doadores. A triagem é feita por alunos do curso técnico de Alimentos e Nutrição da Escola Técnica Rubens de Faria que são supervisionados por duas professoras cedidas pela escola. Também em sistema de empréstimo, o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba (Smetal) cedem outros três trabalhadores.

"Contratados pelo Banco são dois funcionários. Caso o pedido de repasse seja atendido poderemos contratar outros seis" afirma Meire. Segundo ela a entidade tem gasto mensal de R$ 15 mil, valor doado por outros parceiros. A assistente social diz que, por enquanto, o Município não repassa nenhum valor regularmente. No ano passado a Prefeitura entregou um veículo para a retirada dos produtos doados. "O carro foi muito bem vindo, mas já está pequeno", brinca Meire. Para a coleta, o Banco de Alimentos conta com mais dois caminhões doados pelo Smetal.

Supermercados

Aumentar a participação de supermercados nas doações é um dos objetivos do Banco de Alimentos para esse ano. Em 2012 esses estabelecimentos foram responsáveis por 152 toneladas coletadas, valor 17,9% maior em comparação com as 129 toneladas doadas pelo setor em 2011. Meire explica que grande parte dos produtos considerados sem valor para o comércio têm problemas com as embalagens. "São produtos que estão perto da data de vencimento ou que estão com amassados ou avarias nos rótulos que não podem ser colocados nas prateleiras", afirma a assistente social.

As parcerias também são feitas com padarias que doam produtos com rápido vencimento como pães e salgados. Para não desperdiçar os alimentos, quando acontecem essas doações podem ser retirada fora dos dias específicos. Meire explica que as entidades beneficiadas são creches, asilos, escolas, entre outros. Para participar do programa as entidades interessadas devem buscar os alimentos no Banco de Alimentos com meios próprios.

Barracão

Uma máquina de higienização de R$ 28 mil foi comprada em setembro desse ano. Meire explica que a compra foi realizada com a doação de metalúrgicos depois de uma campanha do Smetal. O problema é que a entidade precisa de mais espaço físico para colocar o equipamento em funcionamento. Assim, existe um projeto para a construção de um barracão que está orçado entre R$ 130 mil e 150 mil. O imóvel deve ser construído nas dependências da Ceagesp Sorocaba. Com a máquina em funcionamento a higienização dos alimentos será feita de forma mais rápida e, por isso, os funcionários poderão ocupar-se com outros afazeres.

Voluntários estão entre as principais necessidades do Banco de Alimentos. "Eles podem trabalhar no processo de higienização e embalagem", comenta Meire. Segundo ela a falta de mão de obra é um dos entraves para a expansão do trabalho que evita o desperdício de toneladas de alimentos. O Banco de Alimentos surgiu de uma iniciativa do Smetal, em 1992, quando surgiu a campanha Natal Sem Fome, de arrecadação de alimentos para doação a entidades assistenciais. A entidade funciona todos os dias, de segunda a sábado, no pavilhão administrativo da Ceagesp de Sorocaba. Mais informações pelo telefone 3417-4722. 


Fonte: http://www.cruzeirodosul.inf.br/acessarmateria.jsf?id=447956


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 02/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 03/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 04/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 05/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 06/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 07/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 08/12/2020

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock