Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 26 de Abril de 2017

MATÉRIAS



Consumidor precisa ficar atento às dívidas de crédito imobiliário

Matéria publicada em 01/08/2016



Consumidor precisa ficar atento às dívidas de crédito imobiliário

Devedor deve procurar advogado imediatamente em caso de atraso

A crise econômica, o aumento do desemprego e a consequente perda de capacidade de compra do brasileiro são os principais fatores responsáveis pelo aumento da inadimplência na compra de imóveis financiados no Brasil. Houve um aumento de 53% no número de imóveis tomados pela Caixa Econômica Federal, em apenas um ano.

A expansão do número de imóveis nos últimos anos acabou facilitando a compra dos mesmos, mas o investimento da construção civil não previa o cenário brasileiro atual. De acordo com a Caixa Econômica Federal, em 2015, foram 13.137 imóveis tomados, enquanto em 2014 esse número foi de apenas 8.541. “É preciso chamar a atenção dos consumidores ao fato de que em contratos com alienação fiduciária, ou seja, quando o devedor transfere ao credor a propriedade, a execução da dívida ocorre extrajudicial e rapidamente”, explica o advogado, especialista na área imobiliária, Márcio Leme.

A alienação permite que o banco tome o imóvel com facilidade, sem precisar passar pela Justiça. O prazo do Sistema Financeiro de Habitação é de 3 meses para que o inadimplente negocie as parcelas atrasadas com o banco. Já se o sistema foi o de Financiamento Imobiliário, é de apenas 15 dias. O imóvel se torna automaticamente propriedade do banco e vai a leilão.

O especialista ressalta que é comum que o devedor aguarde uma citação para responder à ação judicial nesses casos, e apenas depois disso submete a situação à análise de um advogado. Por isso, é preciso estar atento e tomar as decisões sobre a renegociação da dívida o mais rápido possível. “Quando o consumidor se dá conta, já se expiraram os prazos legais para manifestação, a propriedade já está nas mãos do banco e já foi realizado o leilão e arrematação do bem por terceiro”, ressalta Leme.

Para Márcio Leme, diante desse cenário, é importante que o consumidor, ao realizar o contrato com alienação fiduciária em garantia de bem de imóvel, seja pontual no pagamento das parcelas do financiamento. “Caso o consumidor não consiga cumprir com seu compromisso, é preciso submeter a questão para análise de um advogado imediatamente”.


Fonte: JF Assessoria


Comente

Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 26/04/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/04/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 28/04/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 29/04/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 30/04/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 01/05/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 02/05/2017

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock