Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 21 de Outubro de 2019

ARTIGOS


O dia da Banana

Por: Paulo Celso da Silva



No último dia 22 de setembro comemoramos o Dia da Banana. Não poderia ser mais nacional esse dia. É tarde para comemorarmos? Acho que não.

Foi Oswald de Andrade, em 1931, quem ironicamente lembrou aos brasileiros de suas riquezas naturais no tablóide `O Homem do Povo´, fundado com Patrícia Galvão, sua mulher na época. Transcrevemos utilizando a forma gramatical original do número 1, da edição fac-símile, publicado pela Imprensa Oficial do Estado em 1984: `Nosso programa é simples - basta entrarmos na bandeira. Dar vida, força e sentido a um lemma que até hontem perecia vasio e ironico - ORDEM E PROGRESSO. Milagre das idéias subversivas. Dum paiz que possue a maior reserva de ferro e o mais alto poder hydraulico, fizeram um paiz da sobremeza. Café, assucar, fumo, bananas. Que nos sobrem ao menos as bananas!´

Exatamente um mês do Dia da Banana deste ano, em 22 de outubro, estará completando 50 anos de morte do mais ruidoso membro do grupo modernista. E a pergunta, que insiste em permanecer, continua sendo se sobraram ao menos às bananas.

Mundo globalizado, que Oswald não viu, mas intuiu, suas propostas continuam ainda subversivas: entrar na Bandeira. Quando, buscamos caminhos em um de seus livros, o Manifesto da Poesia Pau-Brasil, onde ele declarava com alegria e ênfase, `ver com olhos livres´, a subversão aumenta.

Das frases ferinas às frases feitas de hoje, muito mudou. Nossos `olhos livres´ miram-se nos `bobos´ norte americanos listados em livro e imprimindo tendências para a classe média mundial copiar e banalizar, até o próximo modismo.

Aquele programa simples, entrar na Bandeira, tornou-se positivista demais para a intelectualidade do poder, mergulhada na Teoria do Caos e na pós-modernidade.

Isso, por sinal, é a garantia de não precisarmos nos mover para nada, verdadeiro estado de sítio imóvel, sofá-cama do inválido-voyeur, de que falava Paul Virilio sobre as máquinas-imagens interativas de nosso momento atual. Na rede estamos com nossos pares, e a sós.

Sem pessimismos, no Dia da Banana, pensemos no Brasil. Nada de ufanismos, verde-amarelismos fora de época, ismos, ismos, etc. Apenas retornemos, por um momento a questão central: sobraram ao menos as bananas?

Outra fase do modernista é a antropofágica, perdurou até sua morte. Dela são os livros, Manifesto Antropófago e a Crise da Filosofia Messiânica. Do primeiro um indício, A fixação do progresso por meio de catálogos e aparelhos de televisão. Só a maquinaria. E os transfusores de sangue. Do segundo uma tese, `que só a restauração tecnizada duma cultura antropofágica resolveria os problemas atuais do homem e da filosofia´.

Na união dos dois textos, a antropofagia, o homem natural tecnizado vivendo seu momento em processo com o restante do mundo, agora globalizado. Da deglutição de tudo, o brasileiro.

Como Oswald de Andrade não tinha preocupação ontológica e sim odontológica, façamos o mesmo.

Sobrarão ao menos os dentes?

O texto publicado neste artigo é de responsabilidade do autor, e pode nao expressar a opiniao total ou parcial do Portal Sorocaba On-Line S/C Ltda sobre o assunto. Boa leitura!

Paulo Celso da Silva

é sorocabano, doutor em geografia humana pela Universidade de São Paulo - USP com pós doutorado pela Universidade de Barcelona. Professor nos cursos de geografia e filosofia da Uniso. Autor de dois livros sobre a história e geografia de Sorocaba sendo um para crianças. Atualmente pesquisa sobre a cidade do conhecimento

Leia mais artigos deste Colunista


Comente




Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 21/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 22/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 23/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 24/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 25/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 27/10/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock