Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 20 de Julho de 2019

ARTIGOS


Investir é um processo, não uma ação.

Por: Adilson Peres Bonvino



Primeiro vou definir processo, da forma que estou considerando para este texto, já que outras definições podem ser dadas para este assunto.

Processo é o conjunto de ações e decisões tomadas a partir de um ponto de partida para se chegar a um fim desejado, ou seja, todos os passos dados para se chegar a um destino, ou eventos relacionados, que seguem ordens pré-estabelecidas para se chegar a um resultado.


Quem já estudou um pouco de programação deve ter ouvido falar em fluxograma ou algoritmo. Com estas ferramentas, procura-se descrever o mundo real em forma de símbolos ou comandos de ações simples que, ao se ligarem, formam um sistema ou processo mais complexo.

Para que estes algoritmos ou fluxogramas sejam escritos é necessário o estudo da situação real que se quer modelar.

Bom , o que investimento tem a ver com tudo isso?

Pelo o que vimos acima, uma ação sozinha, sem estar dentro de um processo, não vai significar muita coisa. Então é necessário que se estabeleça um conjunto de ações interligadas através de uma determinada lógica, para que a ação faça sentido dentro do todo.

Por isso considero que Investir é um processo, não uma ação.

Não basta abrir uma conta em uma corretora e comprar um lote de uma determinada ação, ou investir em um fundo de ações, fundo imobiliário, ou até mesmo, em uma conta poupança no banco onde for correntista. Tá certo que é melhor fazer isso do que não fazer nada.

E isso não pelo fato da pessoa saber ou não saber ler um gráfico ou interpretar balanços das empresas, ou entender de commodities e suas relações com os fatores mundiais ou regionais.

Considero isso tudo ações que, se não estiverem subordinadas a um conjunto estruturado, deixarão de ter um sentido amplo, ou até mesmo deixarão de ter resultado mensurável.

Isso significa que podem trazer ganhos, mas que podem deixar de ser medidos, e medida é o que nos dá parâmetros para saber se estamos no caminho certo e auxilia em correções de rumo.

Se todo processo tem que ter sua finalidade definida e resultado esperado, passando pelas etapas de início, corpo de ações e decisões e do fim, o mesmo deve ser considerado no investimento.

O investidor deve ter seu plano financeiro traçado, seus objetivos descritos, com prazo e resultado esperado.

A partir daí, descrever seu plano de ação, suas decisões, sua rota de fuga se algo der errado, por onde começa e qual é o fim. Com isso terá condições de saber se o plano está sendo executado de forma correta, se os resultados estão satisfatórios e se ajustes são necessários.

Os ajustes podem ser feito em várias partes do plano, desde os parâmetros das decisões, passando pelas ações, até mesmo no investidor, através de necessidades de treinamento ou ajuda profissional (Programa de Coaching de investimento, por exemplo).

Lembrando o que muito já foi dito: o investidor é o seu próprio inimigo, pois se não controlar suas emoções, no sentido de saber lidar com elas, em seus investimentos, não adiantará ter o processo preparado, se na hora de agir, utilizar ferramentas inadequadas para o momento ou decidir sem consultar seu fluxo de processo.

Temos que lembrar que o que importa não é o que se ganhou em uma operação, e sim quantas vezes se ganhou com este tipo de operação em relação a todas que foram efetuadas e, mais importante, qual o percentual de resultado obtido com este tipo de operação.

Se ganharmos 10 vezes em 11 operações 1% e na que perdeu foram 12%, temos um número de acertos maior que de erros, mas o percentual da perda foi superior, ou seja, nosso resultado foi negativo.

Muitos investidores não "operam", mas, mesmo assim, precisam destes processos e medições, já que poderiam melhorar seus resultados com ajustes em seus planos, incluindo algumas decisões e ações em seus planos (por exemplo: "comprando seguros" para suas ações, fazendo "hedge" ou lançando opções)

Tendo-se processos definidos e conhecidos, cabe ao investidor medir os resultados e procurar meios de otimizá-los ou descartar aqueles que não estão de acordo com seu perfil ou com o perfil exigido para seus objetivos descritos, evoluindo assim sua capacidade de investir, entrando no processo de melhora contínua e ampliando seus resultados.

Sucesso!

O texto publicado neste artigo é de responsabilidade do autor, e pode nao expressar a opiniao total ou parcial do Portal Sorocaba On-Line S/C Ltda sobre o assunto. Boa leitura!

Adilson Peres Bonvino

Agente autônomo de Investimentos certificado pela CVM, Formado em Tecnologia da Informação atuando nesta área desde 1985, com especialização em planejamento e estratégia pela ADESG e em operação de produtos bancários e financeiro pelo Instituto Saint Paul. Palestrante e professor sobre temas de planejamento financeiro e investimentos. Coach certificado pela Sociedade Brasileira de Coaching.

E-mail: contato@puroacaso.com.br
Skype:bonvino
Twitter: @adilsonbonvino
Facebook: http://www.facebook.com.br/adilson.bonvino

Leia mais artigos deste Colunista


Comente




Cadastre Sua Empresa Gratuitamente no Guia Comercial
Divulgue Seu Evento


Notícias


Eventos

Dia: 20/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 21/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 22/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 23/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 24/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 25/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Dia: 26/07/2019

Nenhum evento cadastrado neste dia.


Ouça ao vivo!

Ouça Ipanema FM Ouça 89 a Rádio Rock
Ouça Antena 1 Ouça Rádio Fox Rock