Guia Portal Sorocaba.com

Solicite seu orçamento para as empresas e profissionais cadastrados no Portal Sorocaba.com

Cadastre aqui sua empresa ou negócio!


Sorocaba, 12 de Dezembro de 2019

CANAL AUTOMÓVEIS



NOTÍCIAS

Avaliação: Jeep Renegade Longitude Flex 2016

Notícia publicada em 21/02/2016



Avaliação: Jeep Renegade Longitude Flex 2016

Versão Longitude é a mais equipada com o motor 1,8 litro flex e câmbio automático

Ninguém dúvida do sucesso que o Jeep Renegade fez no Brasil. Brigando continuamente pela liderança de vendas em sua categoria, o Renegade definitivamente caiu no gosto dos brasileiros. Com uma receita que se baseia em estilo diferenciado, muitos equipamentos de série e total segurança, o Renegade é o modelo que consegue ser útil, ao mesmo tempo que realiza o desejo emocional do cliente, em ter um veículo diferente do comum. Fabricado no o Polo Automotivo Jeep, em Goiana, Pernambuco, o Renegade sai da fábrica mais moderna do grupo FCA – Fiat Chrysler Automobiles, em todo o mundo.

Para essa avaliação, o portal Sorocaba, junto com o portal Bonita Sempre, convidaram dois blogueiros de moda masculina, para realizarem o test-drive no Jeep Renegade. Fundadores do “Clube do Cabide”, um portal de moda e lifestyle, os sócios entendem bem do gosto do cliente masculino, que gosta de estar antenado com as últimas tendências. Como o Renegade é um veículo realmente “fashion”, ele pode ser analisado por quem entende do assunto.

O Jeep Renegade utilizado, foi gentilmente emprestado para essa ação, pela concessionária Jeep Bicudo (11) 2118-3333, que fica na cidade de Itu. Antes da avaliação, os convidados puderam receber uma explicação técnica completa do modelo, no showroom da concessionária que fica na avenida Tiradentes, 674 – Itu.

Estilo

Desde o início, os designers da Jeep sabiam que o Renegade deveria oferecer proporções urbanas que exibissem as linhas robustas da marca, mas com muita jovialidade, versatilidade e presença. Além disso, o desafio era criar um SUV inteiramente novo, não derivado de nenhum carro de passeio, e que simbolizasse os reconhecidos estilo e engenhosidade norte-americanos, para marcar o primeiro SUV compacto da Jeep. O resultado é um veículo inspirado no porte do Jeep Wrangler, mas com traços modernos e arrojados. De série na versão Longitude, estão as rodas de liga-leve de 18 polegadas, com visual diamantado.

Interior

A cabine do Jeep Renegade tem ótimo acabamento, empregando matérias-primas de qualidade. Batizada pelos designers de “Tek-Tonic”, a linguagem estilística do habitáculo mistura formas sutis com detalhes mais rústicos e funcionais. O painel, por exemplo, revestido com material suave ao toque, é intercalado com elementos como a alça de apoio para o passageiro.

As saídas de ar centrais lembram óculos escuros de marcas de esportes radicais, e há outros toques que lembram atividades de aventura, como as molduras da base da alavanca do câmbio e dos alto-falantes nas portas. O “X” das lanternas traseiras aparece em vários pontos, como nos porta-copos no console central. E, para acomodar bem toda a bagagem dos ocupantes, há assoalho 2 em 1 no piso do porta-malas. De um lado, a peça é revestida de tecido e do outro, de vinil, fácil de limpar em caso de levar artigos sujos ou molhados.

Motor 1,8 litro Flex E.torQ Evo

O novo 1,8 litro - 16V E.torQ Evo incorporou melhorias que trouxeram mais agilidade no arranque, retomadas mais rápidas e 5% de redução de consumo. Isso foi possível por meio de um cabeçote novo. Com 100% de etanol no tanque (também de 60 litros), a potência se manteve em 132 cv, mas o torque não apenas subiu de 18,9 para 19,1 kgfm como surge mais cedo, a 3.750 rpm (antes, a 4.500 rpm). Há novos pistões, nova câmara de combustão, novos coletores de admissão e escape, válvulas maiores, velas de ignição menores e o variador de fase no comando de válvulas, evoluções que, combinadas geraram aumento da taxa de compressão do motor (de 11,2:1 para 12,5:1), e curva de torque muito mais plana, na qual 82% da força máxima já está disponível a 1.500 rpm.

Fato indiscutível que esse não é o mesmo motor que equipa outros modelos de Fiat. No Renegade, o motor foi especificamente reprojetado para atender uma demanda diferente.

Câmbio automático de 6 marchas

Com o 1.8 E.torQ 16V flex, além de um câmbio manual de cinco marchas, está presente uma transmissão automática de seis marchas inédita em modelos da Jeep em todo o mundo e em veículos do grupo FCA fabricados no Brasil. Esse câmbio automático conta com opção de comando sequencial na alavanca e, a partir da versão Longitude, também por aletas no volante. Esse câmbio automático de seis marchas é produzido pela japonesa Aisin, que tem uma das melhores reputações do mercado. Aliás, diversas outras marcas, também utilizam esse mesmo câmbio em outros veículos.

Equipamentos

Sempre de série, o Renegade traz de série freio de estacionamento eletrônico, que dispensa a alavanca, bem como a intervenção do motorista para ativá-lo ou desativá-lo. Indo além dos obrigatórios air bags dianteiros e freios ABS, os controles de tração e de estabilidade, por exemplo, são equipamentos de série em todas as versões, bem como os controles anticapotamento e de estabilidade de trailer.

Mesmo o passageiro traseiro central conta com cinto de três pontos e encosto de cabeça. Atrás, há pontos Isofix para fixação segura de assentos infantis. Para aumentar a visibilidade do motorista, os faróis de neblina e os sensores de estacionamento traseiro equipam todas as unidades do Renegade. E os repetidores laterais nos retrovisores também são de série.

Na versão Longitude, também está presente o ar-condicionado digital automático de dupla zona. Assim, motorista e passageiro da frente, podem ter temperaturas diferentes.

Outro equipamento presente é a central multimídia com tela sensível ao toque. Essa central com tela de 5 polegadas, vem com o software de navegação da TOM TOM (empresa da Google) que é considerado um dos melhores do mundo. Além disso, os radares fixos das vias, já estão na memória do aparelho. Sempre que o motorista se aproxima de um, o sistema emite um alerta sonoro na cabine (que pode ser desligado de acordo com a vontade do cliente).

Junto com essa central, também está a câmera de ré integrada, para auxiliar nas manobras de estacionamento. A versão Longitude também já sai de fábrica equipada com Rack de teto.

Os mais atentos vão notar um prático porta-objetos sob o assento do passageiro da frente. Basta levantar o assento, para ter acesso ao compartimento que cabe até uma bolsa pequena. E para quem vai acampar ou visitar uma praia deserta, uma prática tomada 12 volts no porta-malas, pode ser útil para ligar alguns equipamentos. Até mesmo uma geladeira portátil, vendida como acessórios na concessionária Jeep.

Segurança

O Jeep Renegade foi premiado com a classificação de cinco estrelas no Euro NCAP, graças a uma pontuação geral de 80/100. Sendo 87% na proteção de adultos, 85% na proteção de crianças, 65% na proteção de pedestres e 74% pelos sistemas de auxílio à condução.

Milhares de horas de simulações virtuais permitiram o desenvolvimento da inovadora arquitetura “4x4 Small Wide” – o Renegade é o primeiro veículo da FCA a adotá-la –, que oferece um monocoque que faz uso extensivo de aços de alta resistência, ultra alta resistência e prensado a quente, resultando em excepcional resistência à torção. A estrutura frontal com três linhas de carga garante uniformidade de resposta em caso de impacto frontal, independentemente do tipo de obstáculo ou veículo. Além disso, apesar da clara vocação off-road do modelo, que também se expressa na extremidade dianteira robusta, o novo Renegade assegura boa proteção aos pedestres.

A qualidade do projeto virtual foi testada fisicamente nos carros produzidos na fábrica da SATA, em Melfi (Itália), com 300 testes em componentes e subsistemas, mais de 100 simulações de impactos e mais de 100 testes de colisão, levando em consideração os diversos tipos de impacto – frontal, lateral, capotamento, traseiro e impacto de pedestres –, bem como as muitas velocidades em que eles podem ocorrer e as variadas características físicas dos ocupantes.

Personalização

O Jeep Renegade conta com uma ampla variedade de itens de personalização disponibilizados pela Mopar, a marca de peças, acessórios e serviços do grupo FCA. No total serão 71 acessórios para deixar o SUV compacto ainda melhor preparado para encarar qualquer caminho, para adequá-lo ao estilo de vida do dono ou simplesmente para dar um toque diferente no visual. Haverá desde adesivos inspirados em esportes de aventura até suporte para bicicleta no teto, passando por itens para proteger os bancos ou organizar o transporte de carga no porta-malas.

Menor custo de manutenção

O custo-benefício do Jeep Renegade 2016 se estende também para o pós-vendas e a melhor prova disso é o menor custo do segmento para o plano de revisões até 60 mil km e, consequentemente, o menor gasto de manutenção por quilômetro rodado. As revisões deverão ser feitas a cada 12 mil km (ou 12 meses), até 72 mil km, para os modelos com motor 1.8 bicombustível. Já as versões turbodiesel terão intervalos a cada 20 mil km (ou 12 meses), até 120 mil km.

Assim como os veículos importados da marca, o pernambucano Jeep Renegade tem garantia total de três anos sem limite de quilometragem. E durante todo esse período, o programa de assistência Privilege oferece total suporte ao consumidor.

Depoimento

Jung Wan Lamberti – Produtor de moda

Principal Destaque: Gostei muito do desempenho do carro na estrada. O Renegade proporciona uma viagem confortável, e nada cansativa.

Pontos Positivos: O Renegade é bem alto. E isso proporciona uma área de visão realmente ampla. A vista pelo para-brisa é generosa, proporcionando bons momentos durante uma viagem. Adorei o sistema multimídia, que é completo e eficiente. Além disso, os detalhes do design são únicos. Destaque para os “easter eggs” onde podemos ver o Pé Grande no cantinho do vidro. Além disso, o sistema de ar-condicionado individual é uma solução muito inteligente, para evitar as discussões entre casais!

Pontos Negativos: Os porta-trecos parecem ter sido pensados mais para o motorista. Vi poucas opções de compartimentos na região do passageiro da frente.

Conclusão: O Jeep Renegade é um carro excelente para alguém que tem um estilo de vida moderno. É um carro que não te deixa na mão para um uso cotidiano, e super-confortável para acomodar todos os amigos durante um longo Road-Trip.

Bruno Ítalo – Designer e DJ

Principal Destaque: Certamente, o conforto é o grande diferencial. É um carro que não vai te deixar nem um pouco estressado, nem mesmo no transito pesado das cidades. Na verdade, ele te ajuda a relaxar para pegar horas de estrada, graças a ótima postura ao volante. E ainda sim, ele consegue ser bem firme na condução, sem perder o conforto para os ocupantes.

Pontos Positivos: São vários os pontos positivos. A primeira coisa que me impressionou foi o design. Todos os detalhes são impecáveis, e as brincadeiras com o conceito do Jeep através de todos aqueles “easter eggs” são um diferencial exclusivo. É um carro design pensando por designers. Ele une muito bem a forma e a função. A direção é impecável, sendo super-preciso na estrada, e na cidade. Outro ponto positivo foi toda a funcionalidade multimídia que o carro oferece. Ele não tira a atenção do trânsito, deixando tudo a mão, além de ser extremamente completo. Curti o ar-condicionado dual zone que é uma ideia fantástica.

Pontos Negativos: Com a minha experiência em automóveis, não consegui identificar pontos negativos. Mas um ponto negativo, pode ser o consumo de combustível mais elevado. Mas o cliente desse tipo de veículo, não liga muito para isso.

Conclusão: Um ótimo veículo para quem prioriza o design e o conforto. O Renegade é um modelo imponente e com personalidade única. Acredito ser o carro que é uma extensão da personalidade dono. Totalmente sintonizado com a vida moderna e urbana. Ele une forma, boa performance, conectividade e conforto. Enfim, é um carro de primeira!

 

Veja mais no portal Bonita Sempre: AQUI!


Fonte: Jorge Augusto e fotos por Marcelo Alexandre


Veja mais fotos:

Comente